Leó Stronda, da Fábrica de monstros, aposta que dá pra viver de whey protein.

Dá pra viver de Whey Protein?

Em Saúde, Tempo de Saber, Tempo de Saúde por Paulo GentilComentário

Tem muita gente subs­ti­tuindo as fon­tes natu­rais de pro­teí­nas pelo whey pro­tein! Isso é um grande equí­voco, pois o whey não fará nada de mais, a sua uti­li­dade é basi­ca­mente cor­ri­gir even­tu­ais defi­ci­ên­cias da ali­men­ta­ção.

Por exem­plo, se você pre­cisa comer 150 gra­mas de pro­teí­nas por dia mas sua ali­men­ta­ção for­nece ape­nas 125, então a suple­men­ta­ção pode­ria entrar para suprir o que falta. No entanto, se você já come as 150 gra­mas, não há muito bene­fí­cio em colo­car whey na sua dieta. Assim como não há bene­fí­cio em subs­ti­tuir a carne/frango/ovo por whey (aliás, no caso do ovo, pode até haver algum bene­fí­cio para as pes­soas ao seu redor).

whey protein - Paulo Gentil

Um estudo do Jour­nal of Applied Phy­si­o­logy ava­liou o meta­bo­lismo pro­teico de homens jovens após um treino de coxa, seguido da inges­tão de apro­xi­ma­da­mente 20 gra­mas de pro­teí­nas na forma de whey iso­lado ou de um mix (soja, caseína e whey). As aná­li­ses mos­tra­ram que, ape­sar da sín­tese pro­teica ao final de 5 horas ser simi­lar, o ana­bo­lismo com o whey durou ape­nas 40 minu­tos, enquanto o do mix durou 2 horas, ou seja 3 vezes mais!

Não deve­mos enten­der o suple­mento como algo mila­groso e sim como uma forma de inge­rir pro­teí­nas que tem suas par­ti­cu­la­ri­da­des e deve ser uti­li­zada de acordo com elas.

Por exem­plo, o whey é capaz de entre­gar uma grande quan­ti­dade de ami­noá­ci­dos no san­gue em pouco tempo. Isso pode ser bom se seu corpo pre­ci­sar deles e der conta uti­lizá-los, no entanto, em grande parte dos casos esse excesso de ami­noá­ci­dos será rapi­da­mente oxi­dado, dei­xando você nova­mente em um estado cata­bó­lico após pou­cos minu­tos.

Já uma ali­men­ta­ção equi­li­brada for­ne­cerá ami­noá­ci­dos con­ti­nu­a­mente em quan­ti­da­des sufi­ci­en­tes para que você con­siga cons­truir seus mús­cu­los ao longo do dia.

Enfim, nada con­tra usar whey, desde que se use o cére­bro junto!


Contribua com a continuidade de Ano Zero, clique aqui.

Referências:

Reidy PT, Wal­ker DK, Dic­kin­son JM, Gun­der­mann DM, Drum­mond MJ, Tim­mer­man KL, Cope MB, Mukher­jea R, Jen­nings K, Volpi E, Ras­mus­sen BB. Soy-dairy pro­tein blend and whey pro­tein inges­tion after resis­tance exer­cise incre­a­ses amino acid trans­port and trans­por­ter expres­sion in human ske­le­tal mus­cle. J Appl Phy­siol (1985). 2014 Jun 1;116(11):1353–64. doi: 10.1152/japplphysiol.01093.2013. Epub 2014 Apr 3. 

Paulo Gentil
Doutor em Ciências da Saúde. Autor dos livros "Emagrecimento: Quebrando Mitos e Mudando Paradigmas" e "Bases Científicas do Treinamento de Hipertrofia".

Compartilhe