gastosimperiais-capa

As vantagens de ser político em um país corrupto

Em Política por Rodrigo ZottisComentários

Mea­dos de 1820. A Coroa Por­tu­guesa havia che­gado no país há 11 anos e era de 10 a 15 vezes mais gorda que a máquina buro­crá­tica ame­ri­cana nessa mesma época, ins­ti­tuída em 1776.

Era uma Corte cara, per­du­lá­ria e voraz. Em 1820 a ali­men­ta­ção anual da nobreza por­tu­guesa que aqui apor­tou cus­tava em torno de 900 con­tos de réis ao Reino, ou quase 50 milhões de reais em dinheiro atual. O défi­cit cres­cia sem parar, e em 1821 o rombo no orça­mento aumen­tou mais de vinte vezes. Ape­sar disso, a Corte con­ti­nuou a ban­car todo mundo, nobres e seus asse­clas, sem se pre­o­cu­par com a ori­gem dos recur­sos.

Todos, sem exce­ção, rece­biam ração, de acordo com seu lugar e vali­mento” explica o his­to­ri­a­dor Juran­dir Malerba. “Nobres, artis­tas, can­to­res, pin­to­res, arqui­te­tos, todos rece­biam sua cota de víve­res a custa da corte Real.” E tais gas­tos cul­mi­na­ram em uma neces­si­dade urgente de emi­tir moeda — o que, iro­ni­ca­mente, resul­tou na cri­a­ção do pri­meiro Banco do Bra­sil.

Toda a luxu­o­si­dade que os impe­ra­do­res, reis e outros gover­nan­tes usu­fruí­ram durante os sécu­los 18 e 19 (cená­rios típi­cos da época, em que a popu­la­ção ficava a mercê da misé­ria e da fome, enquanto reis viviam em palá­cios) é vista como um cená­rio som­brio e inde­se­jado hoje em dia. O absurdo daquele período não con­sis­tia ape­nas na situ­a­ção des­fa­vo­re­cida da popu­la­ção ple­beia, mas tam­bém na falta de cará­ter e no roubo dos nobres, pois todo o dinheiro obtido pelo Estado era adqui­rido pelas mãos e pelo esforço de tra­ba­lha­do­res, e seria dever dos gover­nan­tes man­ter a esta­bi­li­dade da soci­e­dade em que governa, ao invés de esban­jar tais recur­sos arre­ca­dado com bana­li­da­des.

Con­tudo, ape­sar de nossa repro­va­ção his­tó­rica ao pas­sado, essa falta de cará­ter não foi ainda eli­mi­nada, e per­siste em nos­sos atu­ais gover­nan­tes.

Três sécu­los depois, nos­sos gover­nan­tes ainda não apren­de­ram. Ainda hoje em dia, fin­dada a monar­quia e esta­be­le­cida a repú­blica, as auto­ri­da­des gas­tam mais do que arre­ca­dam, bene­fi­ci­ando-se, para fins pró­prios, do nosso dinheiro.

A visão de uma Repú­blica Fede­ra­tiva, que é sinô­nimo de um enga­ja­mento e par­ti­ci­pa­ção polí­tica da popu­la­ção nos assun­tos do Estado, não é real­mente levada a sério.

Os gas­tos abun­dan­tes de juí­zes, gover­na­do­res, sena­do­res, depu­ta­dos e pre­si­den­tes da Repú­blica, a admis­são des­ne­ces­sá­ria de fun­ci­o­ná­rios e as altas remu­ne­ra­ções, soma­das ao mal-cará­ter e à cor­rup­ção endê­mica: tudo isso demons­tra que as auto­ri­da­des atu­ais tam­bém vivem e rou­bam como reis.

Con­fira alguns dados sobre gas­tos extra­va­gan­tes rea­li­za­dos ape­nas nos últi­mos 10 anos:

Em 2008 a ABIN gas­tou R$ 6.000 em bolas de fute­bol, qua­tro bolas de bas­quete, pete­cas e uma rede de peteca.

ball

O Senado Fede­ral gasta R$ 1 milhão de reais por ano no paga­mento de assi­na­tura de jor­nais e revis­tas. Nós paga­mos.

jornal

O STF gas­tou R$ 40.000,00 em 2009, já des­con­tada a infla­ção, na res­tau­ra­ção de foto­gra­fias de ex-minis­tros.

camera

Em 2011, o Senado Fede­ral gas­tou R$ 125,00 na com­pra de 50 absor­ven­tes higi­ê­ni­cos tama­nho G. 
absorvente-g2

Durante os dois gover­nos Lula, foram admi­ti­dos 127.000 novos fun­ci­o­ná­rios, só no Exe­cu­tivo, com salá­rios gene­ro­sos.
salário

O cida­dão Wes­lei Machado ques­ti­o­nou uma taquí­grafa do Senado a res­peito de seu salá­rio, e foi cha­mado de “fofo­queiro”
fofo

O TST gas­tou R$ 12.000 em 2012 na com­pra de uma bici­cleta e uma esteira ergo­mé­tri­cas.

esteira

Na era da infor­má­tica e do e-mail a Pre­si­dên­cia gas­tou R$ 12.200 em 2012 com o envio de car­tões de Natal via cor­reio.

correio

A Câmara dos Depu­ta­dos gas­tou R$ 2.000 em 2013 na com­pra de 10 apon­ta­do­res de lápis elé­tri­cos da marca CIS.
apontador

A Pre­si­dên­cia da Repú­blica gas­tou R$ 6.000 em 2013 na com­pra de bolas de fut­sal, vôlei, fute­bol soci­ety e ping-pong.
ping pong

Base Aérea de Aná­po­lis gas­tou R$ 5 mil em curso de Man­da­rim para subo­fi­cial que ia via­jar para a China — 2013.pescador (11)
Em 2014 a Pre­si­dên­cia da Repú­blica gas­tou R$ 19.400 em equi­pa­men­tos de nata­ção, como tou­cas, nada­dei­ras e cole­tes.
nat

A Câmara dos Depu­ta­dos pagou R$ 3.700 ao Labo SFDK para ave­ri­guar se o cafe­zi­nho da Câmara era bom ou ruim — 2012.
café

A Câmara dos Depu­ta­dos gas­tou R$ 12.900 em setem­bro de 2015 na com­pra de 54 sabo­ne­tei­ras, cada uma a R$ 238,88.
saboneteira

O TCU acaba de com­prar 350 pol­tro­nas e cadei­ras ergonô­mi­cas sofis­ti­ca­das, com reforço lom­bar. Conta: R$ 600.000,00.
poltronas e cadeiras

Câmara dos Depu­ta­dos renova ele­tro­do­més­ti­cos dos par­la­men­ta­res e gasta mais de R$ 1 milhão — Agosto de 2015.

renovação eletrodomesticos

A bolsa-pes­ca­dor vai dis­tri­buir em 2015 mais de R$ 2 bilhões a 884.823 pes­ca­do­res bra­si­lei­ros.
pescador (8)

Em setem­bro de 2015, a Câmara dos Depu­ta­dos gas­tou R$ 102.000,00 em fones de ouvido.

fone de ouvido

O bene­fí­cio vai além do cai­xão. Além de pagar o fune­ral a viúva passa a rece­ber o salá­rio do fale­cido com adi­ci­o­nais.

caixao

Segundo Lewan­dowski, casar e ter filhos engorda o con­tra-che­que. Adi­ci­o­nal de 10% para a esposa e 5% para cada filho.

filho

Segundo a nova LOMAN de Lewan­dowski, todo juiz deverá ter pas­sa­porte diplo­má­tico e tra­ta­mento VIP em aero­por­tos.
pescador (9)

Segundo a nova LOMAN de Lewan­dowski, todo magis­trado tem o direito a mora­dia de graça, paga pelo con­tri­buinte.

todo magistrado

Pela nova lei de Lewan­dowski, a ser apro­vada, os juí­zes pas­sam a rece­ber 17 salá­rios por ano.gastos presidencias

O Minis­tro Ricardo Lewan­dowski propôs a nova Lei Orgâ­nica da Magis­tra­tura (LOMAN), com bene­fí­cios impe­ri­ais a juí­zes.
beneficio imperial

Auxí­lio edu­ca­ção, auxí­lio fune­ral, pas­sa­gens, diá­rias, trans­porte, etc, do Judi­ciá­rio cus­tam R$ 4 bilhões/ano.

qunaot custa auxilio

A pre­vi­são de gas­tos do Judi­ciá­rio para 2015 é de 61,2 bilhões de reais.
gastos judiciario

Em sua vigem de 3 dias a Roma em 2013, a Pre­si­dente e sua troupe gas­ta­ram R$ 560.000,00.
viagem roma 2013

Durante encon­tro do G20 em Can­nes, em 2011, foram gas­tos quase R$ 8.000,00 somente com foto­có­pias, 14 cen­ta­vos cada.
fotocopias

O total de gas­tos com car­tões cor­po­ra­ti­vos em 2014 foi de R$ 8.8 milhões. Os paga­men­tos são sigi­lo­sos e secre­tos.
cartao corporativo

Uma escala téc­nica de 24 horas de Dilma na Gré­cia em 2011 cus­tou R$ 244.000,00, ou R$ 10.000,00 por hora.
escala tecnica
Nos EUA foram con­tra­ta­dos 19 limu­si­nes, 15 moto­ris­tas, dois ôni­bus e um cami­nhão para trans­por­tar baga­gens: R$ 360.000,00.
eua gastos

Mar­cas de pro­du­tos, por decreto da Pre­si­dente Dilma (nº 7.724), são man­ti­das em segredo de Estado.
pescador (13)

São gas­tos R$ 2 milhões anu­ais somente nos ser­vi­ços de bordo do avião pre­si­den­cial, com comida e bebida.
2 milhoes servico bordo

Em via­gens ao exte­rior, nossa Pre­si­dente pre­fere os hotéis às resi­dên­cias ofi­ci­ais nas embai­xa­das bra­si­lei­ras.
hoteis
Car­nes ser­vi­das no avião pre­si­den­cial: coe­lho assado, cos­te­leta de cor­deiro, rã, pato, javali, pica­nha e peixe.
meat

O custo médio das diá­rias dos hotéis nos EUA em junho de 2015 foi de R$ 36.000,00, por dia, per capita da comi­tiva.
eua

Os gas­tos somente com ali­men­ta­ção da Pre­si­dên­cia somam R$ 16 milhões anu­ais.
food

O con­tri­buinte bra­si­leiro paga R$ 9.000,00 por cada banho res­tau­ra­dor dos uten­sí­lios de prata dos palá­cios.
restaurador de utensilhos

Nas 28 copas da Pre­si­dên­cia, cir­cu­lam dia­ri­a­mente 88 gar­çons e 58 copei­ras, tudo a um custo de R$ 7.4 milhões anu­ais.
garçom

R$ 39.000 men­sais são gas­tos para ence­ra­rem os pisos de már­more do Pla­nalto.
encenar piso

O “gerente de pis­cina” do Palá­cio Jaburu, onde Michel Temer mora, ganha R$ 7.800 menais p/ man­ter a água cris­ta­lina.
gerente pscina michel temer

Qua­tro lava­dei­ras do vice Michel Temer cus­tam R$ 9.700 men­sais, sob com­pro­misso de “sigilo de infor­ma­ções”.
pescador (10)
Vigi­lân­cia da Pre­si­dên­cia é com­pu­tado à parte. Foram gas­tos em 2014 R$ 5.7 milhões com um bata­lhão de vigi­lan­tes.

vigilancia

Salá­rios de secre­tá­rias, asses­so­res, tele­fo­nis­tas, cama­rei­ras, gar­çons, etc, nos cus­tam R$ 220 milhões por ano.
salário juiz

Para man­ter a jar­di­na­gem e a irri­ga­ção dos jar­dins do Palá­cio Alvo­rada, os bra­si­lei­ros desem­bol­sam R$ 4 milhões/ano.
jardinagem

Em 2014 os gas­tos da Pre­si­dên­cia da Repú­blica soma­ram R$ 9.3 bilhões, 210% a mais que 2005, já des­con­tada a infla­ção.
salacio secretarias e etc

Man­ter um pre­si­dente no Bra­sil custa o dobro do que o Reino Unido gasta para man­ter a Rai­nha Eli­za­beth.
pescador (12)

Os três palá­cios usa­dos pela Pre­si­dente, Alvo­rada, Pla­nalto e Granja Torto tem um total de 5.000 linhas telefô­ni­cas.

tres palacios

O fato é que os gover­nan­tes vivem no luxo, se endi­vi­dam e é para nós que enviam a fatura des­sas des­pe­sas. E antes que você atri­bua esse las­tro de cor­rup­ção e gas­tos abun­dan­tes ao “jei­ti­nho bra­si­leiro”, saiba que essa falta de mora­li­dade por parte de polí­ti­cos não é um pro­blema bra­si­leiro. Gas­tos exces­si­vos e des­ne­ces­sá­rios exis­tem em diver­sos paí­ses.

Um exem­plo é os EUA, que estão com uma dívida externa de U$ 18 tri­lhões, o maior valor regis­trado desde a inde­pen­dên­cia do país em 1776, oriundo de gas­tos mili­ta­res e soci­ais exces­si­vos. A dívida dos Esta­dos Uni­dos é em torno de U$ 56.484,69 por habi­tante.

Fon­tes:

Rodrigo Zottis
Rapaz que só faz o que faz pois espera que um dia seu legado possa ser completamente auto-explicativo.

Compartilhe