Nenhum lugar no mundo é mais cheio de história e de sangue do que a Terra Santa. Diferentes povos em nome de diferentes deuses repetem  o mesmo rito por milênios: a matança desenfreada. Israelenses, palestinos, cruzados, otomanos, romanos: todos esses e ainda outros lutaram, mataram e tombaram para dominar o território que é uma encruzilhada real e simbólica entre religião e poder. A vitória final, porém, não pertence a nenhum povo, a nenhum deus, mas apenas a uma figura sombria, a morte.

Nessa animação criada pela cartunista Nina Paley, podemos capturar um quadro amplo da milenar cadeia de conflitos que ocorreram na Terra Santa, e tudo com surpreendente simplicidade: uma sequência de povos matando-se uns aos outros em nome de seus deuses. A genialidade de Nina consistiu em utilizar como trilha sonora a música Exodus Song, cantada pelo bregão Andy Willians e composta para Exodus, um filme americano de 1960 que é célebre por sua inspiração sionista e anti-árabe.

Nina Paley inclusive criou, em seu blog, uma descrição de todos os povos representados no vídeo, que traduzimos (e adaptamos, com mais informações) abaixo:

homemprimitivo

Homem Primitivo
Esse “homem das cavernas” primitivo representa os primeiros humanos a se estabelecerem no atual território de Israel.

caanitaCananeus
Cananeus eram os habitantes do reino antigo de Canaã, situado no Oriente Médio cerca de 2 mil anos antes da Era Cristã.
O território de Canaã correspondia aproximadamente ao território de Israel nos dias de hoje.

egipcioEgípcios
Canaã estava localizado entre duas grandes potências. Às vezes o território era controlado pelos Egípcios…

assirioAssírios
…e outras vezes pela Assíria, um reino acádio semita nas proximidades
dos rios Tigre e Eufrates, entre os séculos XX e XV a.C.

israelitaIsraelitas
As “crianças de Israel” conquistaram a região conforme a sangrenta narrativa
relatada no Velho Testamento. Estabeleceram-se na região entre os séculos XV e VI a.C.

babilonicoBabilônios
Mas o império da Babilônia dominou a região entre 1 792 a.C. e 1 595 a.C.

macedoniogregoGregos e macedônios
O império de Alexandre, o Grande, invadiu a Babilônia e,
entre 356 e 323 a.C, dominou a região.

gregomacedonioHelenos
Assim, que Alexandre morreu, seus generais começaram
a lutar pelo controle do império.

ptolomaicoPtolemaicos
Como resultado da disputa pelo território do império de Alexandre,
a região passou a ser controlada por Ptolemeu,
um dos generais de Alexandre, e seus descendentes,
que se vestiam como os antigos faraós egípcios.

seleucidaSelêucidas
Mas o império Ptolemaico enfrentou o Império Selêucida,
também composto por gregos e macedônios que disputavam o espólio de Alexandre.

sacerdotehebreuSacerdote Hebreu
Na animação, é uma figura representativa do povo hebreu,
reunido em Jerusalém após o exílio babilônico.

macabeuMacabeus
Os macabeus foram os integrantes de um exército rebelde
judeu que assumiu o controle de partes da Terra de Israel
entre 164 e 37 a.C., até então um Estado-cliente do Império Selêucida.
Porém…

romanoRomanos
…os romanos invadiram a região, incorporando-a
ao seu vasto império lá por 6 a.C.

bizantinoBizantinos
Posteriormente o Império Romano dividiu-se, e a parte
oriental foi chamada posteriormente de Império Bizantino.

califaarabe

Islã
Após as guerras bizantino-árabes (634-750 d.C), a
região passou a ser parte do império islâmico.

cruzadoCruzados
Em 1099 d.C, após se reunirem na Primeira Cruzada e matarem
uma porção de gente em nome de Jesus Cristo, os europeus
conquistaram a região e dividiram-na em várias Províncias,
entre as quais o Reino de Jerusalém.
Os cruzados massacraram a maior
parte dos habitantes muçulmanos e os resquícios dos habitantes judeus.

mamelucoegipcioMamelucos do Egito
Entre 1250 e 1517, Jerusalém foi governado pelos mamelucos,
que impuseram um pesado imposto anual sobre os
judeus e destruíram os lugares sagrados dos cristãos no Monte Sião.

turco-otomanoImpério Turco Otomano
Em 1517, Jerusalém e região caiu sob domínio
Turco Otomano, que permaneceu no controle até 1917.

arabeÁrabes
A dominação turca trouxe a região um longo período de
prosperidade, com árabes e judeus convivendo pacificamente na Palestina.

britanicoBritânicos
Porém, em 1917, após a Batalha de Jerusalém, o exército britânico
capturou a cidade. Em 1922, a Liga das Nações confiou
ao Reino Unido a administração da Palestina.

palestinoPalestinos
Os britânicos dominaram a região em que os palestinos habitavam.

judeueuropeuSionistas
Após a 2ª Guerra Mundial, populações judaicas oriundas da
Europa convergiram para a região e passaram a lutar
pela formação de um Estado Israelense independente.

palestinoflphammasOLP, Hamas, e Hezbollah
Contra o domínio israelense, formaram-se vários focos
de resistência militarizada: a Organização para a Libertação da Palestina,
o Hamas e o Hezbollah.

estadodeisrael

Estado de Israel
Com apoio dos países ocidentais, principalmente dos EUA,
os israelenses consolidaram sua posição na região.

terroristaTerroristas
Uma das formas de combate ao domínio israelense na
região é o uso de homens e mulheres
bombas, entre outras táticas terroristas.

anjodamorteAnjo da Morte
Esse é o verdadeiro vitorioso de toda essa história, ontem e hoje.

escrito por:

Victor Lisboa

JUNTE-SE À NOSSA NEWSLETTER
Junte-se a outros 2.000 visitantes que recebem nossa newsletter e garanta, semanalmente, artigos sobre ciência, filosofia, comportamento e sociedade diretamente em seu e-mail!
Nós odiamos spam. Seu e-mail não será vendido ou compartilhado com mais ninguém.