Seis meses de Ano Zero!

Em Sobre o AZ por Victor LisboaComentário

Dia 21 de abril o site Ano Zero entrou no ar. Mas na ver­dade a his­tó­ria come­çou dois meses antes, com um pequeno grupo de auto­res que se reu­niu em torno dessa ideia. Cri­a­mos um grupo oculto no Face­book para deci­di­mos cada um dos aspec­tos do site, do nome ao layout da página, pas­sando pela fonte do logo­tipo e pelos títu­los das seções.

Nes­ses seis meses muita coisa mudou, prin­ci­pal­mente em vir­tude do cres­ci­mento impres­si­o­nante do site. Gente saiu e gente nova entrou, rees­tru­tu­ra­mos as seções, rede­fi­ni­mos a polí­tica edi­to­rial duas vezes e o tra­ba­lho de edi­ção, que ini­ci­al­mente eu fazia sozi­nho, pas­sou a con­su­mir tanto tempo e exi­gir tanta aten­ção que o Dou­glas Donin abra­çou a causa e tor­nou-se co-edi­tor.

Primeiro Anúncio de Ano Zero no Facebook.

Pri­meiro Anún­cio de Ano Zero no Face­book.

Em pou­cos meses Ano Zero abor­dou mui­tos temas, sem­pre bus­cando for­ne­cer novas pers­pec­ti­vas. Fala­mos sobre modafunkturismo sexualhomo­fo­biapira­ções sobre o futuromaca­cos e maca­ca­dasaborto e ban­cada evan­gé­licaromance entre vacas e ciclis­tasaven­tu­ras com povos indí­ge­naso momento em que você será um cibor­gue e ten­ta­ti­vas de hac­kear a demo­cra­cia.

E tam­bém ini­ci­a­mos alguns pro­je­tos, como o Elei­ções Ano Zero, mas per­ce­be­mos que por enquanto nos falta mus­cu­la­tura para dar voos mais altos.

Fecha­mos o pri­meiro semes­tre com resul­ta­dos supre­en­den­tes. Temos hoje 30 auto­res, entre regu­la­res e espo­rá­di­cos, publi­cando em Ano Zero. Nossa fan­page no Face­book  está rumando para 6 mil cur­ti­das. O artigo sobre pes­qui­sas elei­to­rais foi visto por mais de 68 mil visi­tan­tes, e uma das publi­ca­ções da seção Tempo de Cur­tir foi visu­a­li­zada por 53 mil pes­soas.

autores

Alguns dos auto­res de Ano Zero

É um tra­ba­lho empol­gante, e as pers­pec­ti­vas do futuro são de tirar o fôlego. Agra­de­ce­mos todos os lei­to­res que nos acom­pa­nha­ram até aqui, vocês são a razão e a ins­pi­ra­ção para tudo isso acon­te­cer.

Sabe­mos de nossa res­pon­sa­bi­li­dade e por isso semana pas­sada os edi­to­res pau­sa­ram os tra­ba­lhos de atu­a­li­za­ção do site para duas coi­sas. A pri­meira con­sis­tiu em pla­ne­jar os pró­xi­mos pas­sos do site, com a cri­a­ção no futuro de mais uma seção e o aper­fei­ço­a­mento das já exis­ten­tes — em breve, cada seção será um site em sepa­rado, todos vin­cu­la­dos ao Por­tal Ano Zero.

A segunda con­sis­tiu em ins­ta­lar a pri­meira sede física do AZ, onde os edi­to­res e cola­bo­ra­do­res da ati­vi­dade edi­to­rial pode­rão tra­ba­lhar. Tam­bém nesse espaço serão desen­vol­vi­das outras ati­vi­da­des, entre elas pos­si­vel­mente um grupo de medi­ta­ção — sim, Ano Zero quer pro­por a prá­tica da medi­a­ção para além do enqua­dra­mento reli­gi­oso.

Primeira sede. Pequena, modesta, mas com as turbinas prontas para voos mais altos.

Pri­meira sede. Pequena, modesta, mas com as tur­bi­nas pron­tas para voos mais altos.

A cri­a­ção desse pequeno espaço cri­a­tivo per­mite um maior apri­mo­ra­mento e pro­fis­si­o­na­li­za­ção de nossa aven­tura em Ano Zero. Esta­mos com­pro­me­ti­dos em apre­sen­tar para você o melhor de nosso tra­ba­lho, para ele­var a qua­li­dade da inter­net bra­si­leira. Somos mais do que ambi­ci­o­sos. Somos sonha­do­res.

Victor Lisboa
Editor do site Ano Zero.

Compartilhe