Dia 21 de abril o site Ano Zero entrou no ar. Mas na verdade a história começou dois meses antes, com um pequeno grupo de autores que se reuniu em torno dessa ideia. Criamos um grupo oculto no Facebook para decidimos cada um dos aspectos do site, do nome ao layout da página, passando pela fonte do logotipo e pelos títulos das seções.

Nesses seis meses muita coisa mudou, principalmente em virtude do crescimento impressionante do site. Gente saiu e gente nova entrou, reestruturamos as seções, redefinimos a política editorial duas vezes e o trabalho de edição, que inicialmente eu fazia sozinho, passou a consumir tanto tempo e exigir tanta atenção que o Douglas Donin abraçou a causa e tornou-se co-editor.

Primeiro Anúncio de Ano Zero no Facebook.
Primeiro Anúncio de Ano Zero no Facebook.

Em poucos meses Ano Zero abordou muitos temas, sempre buscando fornecer novas perspectivas. Falamos sobre modafunkturismo sexualhomofobiapirações sobre o futuromacacos e macacadasaborto e bancada evangélicaromance entre vacas e ciclistasaventuras com povos indígenaso momento em que você será um ciborgue e tentativas de hackear a democracia.

E também iniciamos alguns projetos, como o Eleições Ano Zero, mas percebemos que por enquanto nos falta musculatura para dar voos mais altos.

Fechamos o primeiro semestre com resultados supreendentes. Temos hoje 30 autores, entre regulares e esporádicos, publicando em Ano Zero. Nossa fanpage no Facebook  está rumando para 6 mil curtidas. O artigo sobre pesquisas eleitorais foi visto por mais de 68 mil visitantes, e uma das publicações da seção Tempo de Curtir foi visualizada por 53 mil pessoas.

autores
Alguns dos autores de Ano Zero

É um trabalho empolgante, e as perspectivas do futuro são de tirar o fôlego. Agradecemos todos os leitores que nos acompanharam até aqui, vocês são a razão e a inspiração para tudo isso acontecer.

Sabemos de nossa responsabilidade e por isso semana passada os editores pausaram os trabalhos de atualização do site para duas coisas. A primeira consistiu em planejar os próximos passos do site, com a criação no futuro de mais uma seção e o aperfeiçoamento das já existentes – em breve, cada seção será um site em separado, todos vinculados ao Portal Ano Zero.

A segunda consistiu em instalar a primeira sede física do AZ, onde os editores e colaboradores da atividade editorial poderão trabalhar. Também nesse espaço serão desenvolvidas outras atividades, entre elas possivelmente um grupo de meditação – sim, Ano Zero quer propor a prática da mediação para além do enquadramento religioso.

Primeira sede. Pequena, modesta, mas com as turbinas prontas para voos mais altos.
Primeira sede. Pequena, modesta, mas com as turbinas prontas para voos mais altos.

A criação desse pequeno espaço criativo permite um maior aprimoramento e profissionalização de nossa aventura em Ano Zero. Estamos comprometidos em apresentar para você o melhor de nosso trabalho, para elevar a qualidade da internet brasileira. Somos mais do que ambiciosos. Somos sonhadores.

escrito por:

Victor Lisboa

JUNTE-SE À NOSSA NEWSLETTER
Junte-se a outros 2.000 visitantes que recebem nossa newsletter e garanta, semanalmente, artigos sobre ciência, filosofia, comportamento e sociedade diretamente em seu e-mail!
Nós odiamos spam. Seu e-mail não será vendido ou compartilhado com mais ninguém.