Mudanças climáticas: Para Arnold Scharzenegger, um futuro de energia limpa é um investimento sábio, e quem disser o contrário está errado ou mentindo.

Não dou a mínima se não concordamos sobre as mudanças climáticas

Em Ciência, Consciência, Meio Ambiente por GEDbioéticaComentários

Texto sobre as mudan­ças cli­má­ti­cas de Arnold Schwar­ze­neg­ger, em seu Face­book.
Tra­du­ção de Edo­ardo Lobl, do GED­Bi­oé­tica.


Eu vejo suas per­gun­tas.

Cada vez que eu posto na minha página no Face­book ou tuíto sobre a minha cru­zada para um futuro de ener­gia limpa, eu os vejo.

Há sem­pre alguns de vocês, per­gun­tando por que deve­mos nos pre­o­cu­par com o aumento da tem­pe­ra­tura, ou ques­ti­o­nando a ciên­cia das mudan­ças cli­má­ti­cas.

Eu quero que você saiba que eu ouço você. Mesmo aque­les de vocês que dizem que a ener­gia reno­vá­vel é uma cons­pi­ra­ção. Mesmo aque­les que dizem que as mudan­ças cli­má­ti­cas é uma farsa. Mesmo aque­les de vocês que usam pala­vras de qua­tro letras. Eu ouvi todas as suas per­gun­tas, e agora tenho três per­gun­tas para você.

Vamos pôr as alte­ra­ções cli­má­ti­cas de lado por um minuto. Na ver­dade, vamos supor que você esteja certo.

Pri­meiro — você acre­dita que é acei­tá­vel que 7 milhões de pes­soas mor­ram todos os anos por conta da polui­ção? Isso é mais do que assas­si­na­tos, sui­cí­dios e aci­den­tes de carro — com­bi­na­dos.

Todos os dias, 19.000 pes­soas mor­rem devido à polui­ção por com­bus­tí­veis fós­seis. Você aceita essas mor­tes? Você aceita que as cri­an­ças em todo o mundo têm de cres­cer res­pi­rando com ina­la­do­res?

Agora, minha segunda per­gunta: você acre­dita que o car­vão e o petró­leo serão os com­bus­tí­veis do futuro?

Além do fato que os com­bus­tí­veis fós­seis des­troem nos­sos pul­mões, todos con­cor­dam que even­tu­al­mente irão aca­bar. Qual é o seu plano, então?

Eu, pes­so­al­mente, quero um plano. Eu não quero ser como o último cavalo e ven­de­dor de char­rete, o qual resis­tia enquanto os car­ros assu­mi­ram as estra­das. Eu não quero ser o último inves­ti­dor na Block­bus­ter enquanto o Net­flix emerge. Isso é exa­ta­mente o que vai acon­te­cer no caso dos com­bus­tí­veis fós­seis.

Um futuro de ener­gia limpa é um inves­ti­mento sábio, e qual­quer um que lhe diga o con­trá­rio está errado ou men­tindo. De qual­quer maneira, eu não iria tomar con­se­lhos de inves­ti­mento com essa pes­soa.

Ener­gia reno­vá­vel é exce­lente para a eco­no­mia, e você não tem que tomar a minha pala­vra como ver­dade. A Cali­fór­nia tem algu­mas das leis ambi­en­tais mais revo­lu­ci­o­ná­rias nos Esta­dos Uni­dos, con­se­gui­mos 40% do nosso poder de fon­tes reno­vá­veis, e somos 40% mais efi­ci­en­tes do que o resto do país. Ado­ta­mos pre­co­ce­mente um futuro base­ado na ener­gia limpa.

Nossa eco­no­mia não sofreu com isso. Na ver­dade, a eco­no­mia na Cali­fór­nia está cres­cendo mais rápido do que a eco­no­mia dos EUA. Nós lide­ra­mos a nação em manu­fa­tura, agri­cul­tura, turismo, entre­te­ni­mento, alta tec­no­lo­gia, bio­tec­no­lo­gia e, claro, tec­no­lo­gia verde.

Eu tenho uma per­gunta final, e vai deman­dar um pouco de ima­gi­na­ção.

Há duas por­tas. Atrás da porta número um tem um quarto com­ple­ta­mente selado, com um carro regu­lar, abas­te­cido com gaso­lina. Atrás da porta número dois tem um quarto idên­tico, com­ple­ta­mente selado, com um carro elé­trico. Ambos os moto­res estão fun­ci­o­nando a toda potên­cia.

Eu quero que você esco­lha uma porta para abrir, e entrar no quarto e fechar a porta atrás de você. Você tem que ficar no quarto que você esco­lher por uma hora. Você não pode des­li­gar o motor. Você não tem uma más­cara de gás.

Acho que esco­lheu a porta número dois, com o carro elé­trico, certo? A porta número um é uma esco­lha fatal — quem iria que­rer res­pi­rar fumaça?

Esta é a esco­lha que o mundo está fazendo agora.

Para usar uma das pala­vras de qua­tro letras que todos vocês comen­tam [fuck], eu não dou a mínima se você acre­dita nas mudan­ças cli­má­ti­cas. Eu não pode­ria me impor­tar menos se você está pre­o­cu­pado com as tem­pe­ra­tu­ras subindo ou der­re­tendo gelei­ras. Não me importa quem de nós tem razão sobre a ciên­cia.

Só espero que você se junte a mim na aber­tura da porta número dois, para um futuro ener­gé­tico mais inte­li­gente, mais limpo, mais sau­dá­vel e mais lucra­tivo.


Contribua com a continuidade de Ano Zero, clique aqui.

Você pode que­rer ler tam­bém:

Quer sal­var o pla­neta? Pare de comer carne
Reci­cla­gem: basta ser poli­ti­ca­mente cor­reto?

GEDbioética
Fundado em 2012 na Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, o GEDbioética tem como objetivo criar um ambiente favorável ao debate multi e interdisciplinar, disseminando a bioética de forma interativa. Além disso, criar um vínculo com a sociedade, a qual é essencial para a construção do conhecimento.

Compartilhe