Esses inacreditáveis cartões vintage dos anos 1900 foram usados como propaganda para combater mulheres que lutavam por mais direitos. Embora as sufragistas incansavelmente fizessem campanha para mudar o status quo, muitos homens acharam a ideia do voto feminino não só desagradável, mas até mesmo perigosa.

Por essa razão, cartões-postais como os abaixo foram produzidos. Eles vêm do arquivo de Catherine H. Palczewski, professora de estudos sobre mulheres e gênero na Universidade do Norte de Iowa, que está os coletando há 15 anos. Os cartões-postais retratam a ideia de que o feminismo era algo a ser temido, por representar um ataque aos valores da família e uma ofensa ao lugar do homem na sociedade.

Embora tenhamos ainda um longo caminho a percorrer até que as mulheres recebam, na prática, os mesmos direitos que os homens, esses cartões-postais servem como um lembrete da longa estrada que já trilhamos até chegar aqui.

Ilustrações anti-sufragistas mostram como as mulheres são "perigosas" 1
“Origem e desenvolvimento de uma sufragista.”

Ilustrações anti-sufragistas mostram como as mulheres são "perigosas" 2
“Quem falou divórcio!”
Ilustrações anti-sufragistas mostram como as mulheres são "perigosas" 3
“Finalmente paz.”
Ilustrações anti-sufragistas mostram como as mulheres são "perigosas" 4
“Dia de eleições!”

[adrotate banner=”6″]

Ilustrações anti-sufragistas mostram como as mulheres são "perigosas" 5
“A MULHER MASCULINA: Ela é uma máscula de sapatos com seu chapéu, casaco, colares, camisa social e gravata. Ela usaria calças na rua para fazê-la completa, mas ela sabe que a lei não vai suportar isso.”
Ilustrações anti-sufragistas mostram como as mulheres são "perigosas" 6
“Não se preocupem, o pior ainda está por vir.”
Ilustrações anti-sufragistas mostram como as mulheres são "perigosas" 7
“Minha esposa entrou no movimento das Sufragistas (e eu sofro desde então).”
Ilustrações anti-sufragistas mostram como as mulheres são "perigosas" 8
“A vida é apenas uma merda atrás da outra.”

[adrotate banner=”7″]

Ilustrações anti-sufragistas mostram como as mulheres são "perigosas" 9
“Lugar de mulher é em casa.”
Ilustrações anti-sufragistas mostram como as mulheres são "perigosas" 10
“Isso não é trabalho de homem.”
Ilustrações anti-sufragistas mostram como as mulheres são "perigosas" 11
“O que eu faria com as Sufragistas.”
Ilustrações anti-sufragistas mostram como as mulheres são "perigosas" 12
“Eu quero votar, mas minha esposa não deixa.”

Ilustrações anti-sufragistas mostram como as mulheres são "perigosas" 13

[adrotate banner=”8″]

Ilustrações anti-sufragistas mostram como as mulheres são "perigosas" 14
“Mulheres pegaram o jeito agora.”
Ilustrações anti-sufragistas mostram como as mulheres são "perigosas" 15
“Eu não fiz nada, mas eu não vou fazer isso de novo.”
Ilustrações anti-sufragistas mostram como as mulheres são "perigosas" 16
“Sufragistas atacando um policial.”

Ilustrações anti-sufragistas mostram como as mulheres são "perigosas" 17

Ilustrações anti-sufragistas mostram como as mulheres são "perigosas" 18
“Enigma – Encontre quem manda na casa.”
Ilustrações anti-sufragistas mostram como as mulheres são "perigosas" 19
“Ninguém me ama – Acho que vou ser uma Sufragista.”

Ilustrações anti-sufragistas mostram como as mulheres são "perigosas" 20
“Sufragistas – aquelas que nunca foram beijadas.”

Contribua com a continuidade de Ano Zero, clique aqui.

Confira também:

As 20 mulheres que mudaram a ciência (e o mundo)
As mulheres militares que se disfarçaram de homens

  • Ariel L. Lázaro

    Troque “Sufragistas” por “Feminazis” e você estará no século XXI.

    • Lílian Verônica Araújo

      É absurdo perceber que ainda existem homens (e mulheres) que ainda possuem essa mesma mentalidade de um século atrás…

      • Pobretano

        Talvez porque no fundo estes homens e mulheres tinham razão – mas este é um tipo de assunto espinhoso no qual é impossível ter razão (de verdade, e não essa bobajada determinista) sem parecer um porco imundo.

        É como ser integrante daquela pretaiada que defendia coisas como direitos civis…

  • Aldir Gracindo

    Eram sociopatas privilegiadas supremacistas, elitistas e odiosas. E são até hoje.

    • Aldir Gracindo

      Pensar que as “sufragistas” queriam simplesmente o sufrágio é ignorância semelhante a pensar que os “antifa” só querem lutar contra o fascismo, que os nazis só queriam resgatar a dignidade do trabalhador alemão ou que o PT é o partido “dos trabalhadores”.

  • dougs

    Eu não sei o que mais me assusta, o quão semelhante é o tratamento da mídia com manifestantes hoje, ou os comentários de homens doentes querendo agir como se ainda estivéssemos no século XIX. Isso não era certo naquela época e continua não sendo na atualidade.