Há 7 anos, a The Economist, revista britânica liberal, declaradamente de direita, decretou: a política de Guerra às Drogas fracassou, e precisa acabar, dando lugar a duas políticas distintas – a de legalização para drogas leves e de controle de danos para drogas pesadas.

A lógica é tão simples quanto terrível, e com o devido distanciamento já a observamos funcionando durante a Lei Seca dos Estados Unidos na década de 1920:

1 – pegue um produto ou hábito que, por algum motivo (isso não entra no mérito aqui), seja considerado fundamental por parte da comunidade e torne-o ilegal;

2 – o resultado é que o produto ou o hábito não será extinto, mas sim passará para a clandestinidade;

3 – em seguida haverá repressão do Estado, que não conseguirá adentrar todos os meandros do labirinto das relações sociais para capturar e punir toda desobediência à lei, mas garantirá a aprovação legislativa de vultosos gastos do orçamento público com o aparelhamento estatal;

4 – como resposta à repressão estatal, grupos criminosos providenciarão aos interessados acesso ao produto ou hábito, com um preço inflacionado para compensar riscos e financiar a compra de armamento e o recrutamento de soldados do crime;

5 – como decorrência do embate entre o Estado e criminosos, muito sangue será derramado, mas muito dinheiro verterá para financiar outras atividades do crime organizado, fortalecendo a criminalidade; e

6 – o grande volume de dinheiro decorrente de todas essas atividades ilícitas precisará ser lavado, inundando o sistema financeiro internacional com bilhões de dólares, vertendo parte desse dinheiro para corromper agentes públicos em todos os níveis.

Este vídeo explica toda essa lógica do desastre:

A única solução é desarmar essa armadilha, legalizando drogas leves como a maconha e tratando drogas pesadas como problema de saúde pública, e de repressão policial. Mas para isso é preciso vencer um grande inimigo: os juízos de valor baseados em preconceitos e não em fatos científicos, o obscurantismo que se sobrepõe ao esclarecimento.


Seja patrono do AZ para mais artigos como este.
CLIQUE AQUI e escolha sua recompensa.


Newsletter AZ | sabedoria budista


Sobre guerra às drogas, você pode querer ler também:

Na guerra às drogas, somos todos perdedores
A verdadeira origem das drogas ilícitas

escrito por:

Equipe Ano Zero

Perfil para publicação de artigos esporádicos e com temas diversos. Esteja por dentro das atualizações do portal Ano Zero, siga-nos nas nossas redes sociais e assine a nossa newsletter para receber nossos e-mails feitos com todo carinho e cuidado.


JUNTE-SE À NOSSA NEWSLETTER
Junte-se a outros 2.000 visitantes que recebem nossa newsletter e garanta, semanalmente, artigos sobre ciência, filosofia, comportamento e sociedade diretamente em seu e-mail!
Nós odiamos spam. Seu e-mail não será vendido ou compartilhado com mais ninguém.