hábitos manhã

8 hábitos da manhã que transformarão sua vida

Em Comportamento, Consciência por Benjamin HardyComentário

Artigo tra­du­zido por Igo Araujo San­tos para Ano Zero (texto ori­gi­nal).


A vida é atri­bu­lada. Às vezes parece impos­sí­vel se apro­xi­mar dos seus sonhos, não? E se você tra­ba­lha em tempo inte­gral e tem filhos, pode ser ainda mais difí­cil.

Então, como você pro­gride?

Se você inten­ci­o­nal­mente não arran­jar tempo todos os dias para pro­gre­dir e se aper­fei­çoar, sem dúvida seu tempo se per­derá no vácuo de uma vida cada vez mais tumul­tu­ada. E antes que per­ceba, você estará velho e mur­cho, se per­gun­tando para onde o tempo foi.

Como o pro­fes­sor Harold Hill disse: “se você acu­mu­lar mui­tos deixa-pra-ama­nhã, des­co­brirá que só lhe res­ta­ram mui­tos ontens vazios”.

Repensando sua vida e saindo do Modo de Sobrevivência

Este artigo tem a inten­ção de desa­fiá-lo a repen­sar sua abor­da­gem da vida. O pro­pó­sito é ajudá-lo a sim­pli­fi­car e retor­nar ao fun­da­men­tal.

Infe­liz­mente, a vida da mai­o­ria das pes­soas está cheia até a borda com o não essen­cial e o tri­vial. Elas não têm tempo para cons­truir nada sig­ni­fi­ca­tivo. Elas estão no Modo de Sobre­vi­vên­cia.

E você, está no Modo de Sobre­vi­vên­cia?

Mui­tos de nós esta­mos como pouca man­teiga pas­sada sobre uma fatia muito grande de pão. Infe­liz­mente, o pão nem ao menos é o nosso, mas de outra pes­soa. Mui­tos pou­cos dedi­cam tempo para tomar suas vidas de volta para as pró­prias mãos.

Ape­nas uma gera­ção atrás, era soci­al­mente e cul­tu­ral­mente nor­mal viver­mos nos­sas vidas segundo as regras de outras pes­soas. E várias pes­soas da nova gera­ção estão per­pe­tu­ando esse pro­cesso sim­ples­mente por­que é a única visão de mundo que lhes foi ensi­nada.

De qual­quer forma, há uma cons­ci­ên­cia cole­tiva cres­cente de que, com muito tra­ba­lho e foco, você pode viver cada momento da sua vida segundo suas pró­prias regras.

Você é o desig­ner de seu pró­prio des­tino. Você é o res­pon­sá­vel. Você pode deci­dir. E você deve deci­dir! Pois, se não o fizer, alguém deci­dirá por você. Inde­ci­são é uma má deci­são.

Com esta rotina mati­nal, sua vida mudará rapi­da­mente.

Pode pare­cer uma lista longa. Mas, resu­mindo, é bem sim­ples:

1 — Acorde de uma boa noite de sono;

2 — Medite e/ou ore;

3 — Mexa-se;

4 — Coma ali­men­tos sau­dá­veis;

5 — Pre­pare-se;

6 — Ins­pire-se;

7 — Ganhe pers­pec­tiva;

8 — Faça algo para melho­rar.

Bom, vamos come­çar:

1. Tenha saudáveis 7 horas ou mais de sono

hábitos sono bom

Encare a ver­dade: dor­mir é tão impor­tante quanto comer e beber água. Ape­sar disso, milhões de pes­soas não dor­mem o sufi­ci­ente e têm pro­ble­mas malu­cos como resul­tado.

A Nati­o­nal Sleep Foun­da­tion (fun­da­ção ame­ri­cana dedi­cada ao estudo do sono) con­du­ziu estu­dos que reve­la­ram que pelo menos 50 milhões de ame­ri­ca­nos sofrem com mais de 70 desor­dens do sono dife­ren­tes. Não só isso, 60% dos adul­tos e 69% das cri­an­ças expe­ri­men­tam um ou mais pro­ble­mas de sono algu­mas noi­tes por semana.

Além disso, mais de 40% dos adul­tos têm sono­lên­cia durante o dia severa o bas­tante para inter­fe­rir em suas ati­vi­da­des diá­rias pelo menos em alguns dias por mês. E 20% reporta pro­ble­mas de sono­lên­cia durante o dia alguns dias por semana ou mais.

Em con­tra­par­tida, ter uma quan­ti­dade sau­dá­vel de sono está rela­ci­o­nado a aumento da memó­ria, vida mais longa, menos infla­ma­ções, cri­a­ti­vi­dade melho­rada, aten­ção e foco melho­ra­dos, redu­ção na gor­dura e aumento de massa mus­cu­lar com exer­cí­cios, menos estresse, redu­ção da depen­dên­cia de esti­mu­lan­tes (como café), menor ris­cos de se envol­ver em aci­den­tes e de sofrer depres­são (e muito mais… pes­quise no Goo­gle).

A ver­dade é que o res­tante deste artigo não vale nada se você não fizer do sono uma pri­o­ri­dade. Quem se importa se você acorda às 5 da manhã, se você foi pra cama três horas antes?

Se dor­mir pouco, você não vai durar muito. Claro, você pode usar esti­mu­lan­tes para com­pen­sar, mas isso não se sus­tenta por muito tempo. A longo prazo, sua saúde irá des­mo­ro­nar. O obje­tivo pre­cisa ser sus­ten­ta­bi­li­dade a longo prazo.

2. Oração e Meditação para facilitar Clareza e Abundância

hábitos meditação

Depois de acor­dar de um sono sau­dá­vel e res­tau­ra­dor, rezar e medi­tar são cru­ci­ais para se ori­en­tar em dire­ção ao que é posi­tivo em sua vida. E por que? Por­que aquilo em que você man­tém o seu foco é aquilo em que se expan­dirá a sua vida.

Ora­ção e medi­ta­ção são ati­vi­da­des que esti­mu­lam a gra­ti­dão por tudo o que você tem. E gra­ti­dão é ter uma mente estru­tu­rada para a abun­dân­cia. Quando você pensa focado na abun­dân­cia, o mundo se abre para você, pois há ili­mi­ta­das opor­tu­ni­da­des e pos­si­bi­li­da­des lhe espe­rando.

Pes­soas são como ímãs: quando você é grato pelo que tem, você atrai mais coi­sas posi­ti­vas e boas. A Gra­ti­dão é con­ta­gi­osa e pode ser a mais impor­tante chave para o sucesso. Não é à toa que tem sido cha­mada de a mãe de todas as vir­tu­des.

Se você come­çar a sua manhã pondo-se num espaço de gra­ti­dão e cla­reza, você atrairá o melhor do que o mundo tem a ofe­re­cer, e não se dis­trairá. Por isso, comece a manhã medi­tando e orando.

3. Atividade Física Pesada

hábitos exercícios

Se você qui­ser estar entre os sau­dá­veis, feli­zes e pro­du­ti­vos, crie o hábito de se exer­ci­tar regu­lar­mente.

Inde­pen­dente das suas pre­fe­rên­cias, movi­mente seu corpo. Mui­tos pro­cu­ram ime­di­a­ta­mente uma aca­de­mia para pôr o corpo em movi­mento. Já eu recen­te­mente des­co­bri que fazer tra­ba­lhos no jar­dim por pou­cas horas de manhã gera um intenso fluxo de ins­pi­ra­ção e cla­reza.

Está com­pro­vado que exer­cí­cios físi­cos dimi­nuem chan­ces de depres­são, ansi­e­dade e estresse. E tam­bém tem rela­ção com uma car­reira mais bem-suce­dida.

Se você não se pre­o­cu­par com o seu corpo, todos os outros aspec­tos da sua vida sofre­rão, pois huma­nos são seres holís­ti­cos.

4. Consuma 30 gramas de proteína

hábitos 3 ovos

Donald Lay­man, pro­fes­sor emé­rito de nutri­ção na Uni­ver­si­dade de Illi­nois, reco­menda o con­sumo de pelo menos 30 gra­mas de pro­teína no café da manhã. O inves­ti­dor e autor de auto­a­juda Tim Fer­riss tam­bém reco­menda 30 gra­mas de pro­teína 30 minu­tos depois de acor­dar. De acordo com ele, seu pai dele fez isso e per­deu 8,5 qui­los em um mês.

Ali­men­tos ricos em pro­teína man­te­rão você satis­feito por mais tempo, pois per­ma­ne­cem mais tempo no estô­mago. Além disso, pro­teí­nas man­têm o nível de açú­car, o que pre­vine picos de fome.

Mais ainda: comer pro­teína dimi­nui sua neces­si­dade por car­boi­dra­tos bran­cos, que engor­dam. Pense em ros­qui­nhas, tor­ra­das e donuts.

Tim, em seus livros e pales­tras, faz qua­tro reco­men­da­ções para ter as pro­teí­nas ade­qua­das pela manhã:

- Coma pelo menos 40% das calo­rias do seu café da manhã na forma de pro­teí­nas;

- Faça isso com dois ou três ovos intei­ros (cada ovo tem apro­xi­ma­da­mente 6g de pro­teína);

- Se você não gosta de ovos, use algo como bacon de peru, bacon ou queijo cot­tage;

- Ou você pode fazer um shake de pro­teí­nas com água.

Para pes­soas que evi­tam lati­cí­nios, carne e ovos, há várias pro­teí­nas de base vege­tal: legu­mes, ver­du­ras, cas­ta­nhas e semente são todos ricos em pro­teí­nas.

5. Tome um banho frio

hábitos banho

Imer­são em água fria faci­lita radi­cal­mente o bem-estar físico e men­tal. Quando pra­ti­cada regu­lar­mente, pro­move mudan­ças dura­dou­ras nos sis­te­mas imu­no­ló­gico, lin­fá­tico, cir­cu­la­tó­rio e diges­tivo, o que melhora a qua­li­dade de vida. Tam­bém pode aumen­tar a perda de peso, pois ace­lera o meta­bo­lismo.

Uma pes­quisa rea­li­zada em 2007 mos­trou que tomar banhos frios roti­nei­ra­mente pode ajuda a tra­tar sin­to­mas de depres­são fre­quen­te­mente com mais efi­ci­ên­cia do que medi­ca­men­tos pres­cri­tos. Isso por­que a água fria dis­para uma onda de neu­roquí­mi­cos que aumen­tam o bom humor, o que faz você se sen­tir feliz.

Há, claro, um medo ini­cial de entrar na água fria. Sem dúvida, se você já ten­tou isso antes, se viu apa­vo­rado com o pen­sa­mento de entrar. Ou tal­vez você tenha pulado, mas rapi­da­mente mudou para a água quente.

O que me aju­dou foi pen­sar que é como uma pis­cina. É uma morte lenta e dolo­rosa entrar na pis­cina fria deva­gar. Você sim­ples­mente pula. E depois de 20 segun­dos, você se sente bem.

Para mim, isso aumen­tou minha deter­mi­na­ção e apri­mo­rou minha cri­a­ti­vi­dade e minha ins­pi­ra­ção. Enquanto sinto a água fria bater nas minhas cos­tas, pra­tico len­ta­mente minha res­pi­ra­ção e minha calma. Depois de me esfriar, me sinto muito feliz e ins­pi­rado. Mui­tas ideias come­çam a fluir e fico muito mais moti­vado a alcan­çar meus obje­ti­vos.

Além disso, é sau­dá­vel fazer algo na manhã que lhe assuste um pouco! Isso deixa seus sen­ti­men­tos vivos e deter­mina o tom para viver fora da sua zona de con­forto!

6. Ouvir/Ler Conteúdos Estimulantes

hábitos ler

Pes­soas comuns bus­cam entre­te­ni­mento. Pes­soas extra­or­di­ná­rias bus­cam edu­ca­ção e apren­di­zado. É comum para a mai­o­ria das pes­soas bem-suce­di­das ler, pelo menos, um livro por semana, pois elas estão cons­tan­te­mente apren­dendo.

Reser­var mesmo que 15 ou 30 minu­tos toda manhã para ler infor­ma­ções esti­mu­lan­tes e ins­tru­ti­vas muda você, pois lhe coloca no ponto de par­tida ideal para atin­gir o seu poten­cial máximo.

Após um longo período de tempo, você terá lido cen­te­nas de livros, terá conhe­ci­mento em vários tópi­cos. Você pen­sará e verá o mundo de forma dife­rente. Você será capaz de fazer mais cone­xões entre dife­ren­tes assun­tos.

7. Reveja sua Visão da Vida

hábitos manhã

Seus obje­ti­vos devem ser escri­tos no papel, tanto os de curto e como os de longo pra­zos. Tirar alguns minu­tos para ler suas metas de vida põe seu dia em pers­pec­tiva.

Alcan­çar metas é uma ciên­cia. Não há con­fu­são ou ambi­gui­dade. Se você seguir um padrão sim­ples, pode alcan­çar todas as suas metas, não importa quão gran­des elas sejam.

Um aspecto fun­da­men­tal disso é escrevê-los no papel e lê-los todos os dias.

Se você ler seus obje­ti­vos de longo prazo todos os dias, pen­sará neles todos os dias. Se você pensa neles todos os dias, e gasta seus dias se empe­nhando neles, eles se mani­fes­ta­rão.

8. Faça pelo menos uma coisa em relação aos seus objetivos de longo prazo

hábitos objetivos

Força de von­tade é como um mús­culo que se esgota quando exer­ci­tado. Da mesma forma, nossa habi­li­dade de tomar boas deci­sões ate­nua-se com o tempo.

Quanto mais deci­sões você toma, pio­res elas se tor­nam – e mais fraca é a sua força de von­tade. Con­se­quen­te­mente, você pre­cisa fazer o mais difí­cil pri­meiro pela manhã, aquilo que for mais impor­tante.

Se você não o fizer, sim­ples­mente não será feito. No final do seu dia, você está exausto. E aí está frito. Haverá milhões de razões para come­çar no dia seguinte. E você come­çará no dia seguinte — ou seja, nunca.

Então, seu man­tra deve ser: o pior pri­meiro. Faça aquilo que você pre­cisa fazer logo pela manhã.

Se você der um passo em dire­ção às suas gran­des metas todos os dias, per­ce­berá que essas metas não esta­vam tão lon­ges assim.

Conclusão

Depois de fazer isso, não importa o que você enfrente no resto do dia, você terá feito o mais impor­tante pri­meiro. Você terá se colo­cado na posi­ção para alcan­çar o sucesso. Você estará mais pró­ximo dos seus sonhos.

Por ter feito todas essas coi­sas, você se mos­trará melhor na vida. Será melhor no seu emprego, terá melho­res rela­ci­o­na­men­tos, será mais feliz, ficará mais con­fi­ante, será mais ousado e terá mais cla­reza e visão.

Sua vida mudará em breve, pois é impos­sí­vel fazer essas coi­sas todas as manhãs sem que você acabe des­per­tando para o que está errado em sua vida. Aquilo que você des­preza em sua vida encon­trará o fim. Desa­pa­re­cerá para nunca mais vol­tar.

O mundo e o uni­verso lhe res­pon­de­rão de manei­ras mara­vi­lho­sas.


Você pode que­rer ler tam­bém:

Cinco dicas para enten­der a medi­ta­ção
4 razões pelas quais é tão difí­cil ser um fina­li­za­dor

 

Benjamin Hardy
Em vias de obter seu PhD em Psicologia Organizacional pela Clemson University, Benjamin Hardy tem seus artigos publicados na New York Observer, Psychology Today, Huffington Post e Business Insider.

Compartilhe